PROJETO QUE PRETENDE A PADRONIZAÇÃO ALIMENTAR EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL

É costumeiro, em nosso país a prática do “enganismo” ou seja, dentre diversos pratos típicos nacionais vamos destacar a feijoada, para usarmos como exemplo. Vemos com freqüência publicidade tanto na parte externa de estabelecimentos comerciais como em cardápio noticiando feijoadas de três tamanhos, ou seja, pequena, média e grande, no entanto, não existe uma regulamentação para diferenciar uma da outra, e da mesma forma que uma feijoada grande comem uma família com três pessoas, em um determinado estabelecimento, em outro é tão pequeno que não alimenta duas pessoas.

 

Outro fato que também à descaracteriza é a não obediência do tradicional, ou seja qual os ingredientes que realmente acompanham uma feijoada tradicional, pois é fácil encontrar feijoada sem farofa, sem couve, sem bisteca, sem banana e as vezes até sem carne seca.

 

O fato não ocorre só com feijoada, e sim com inúmeros de outros pratos que deixamos de citar, mas vamos tirar como exemplo a nível de porção apenas a de batatas fritas, que da mesma forma que se encontra uma porção pequena de batas fritas, aonde se serve duas pessoas, encontra-se uma grande que mal alimenta uma.

 

DO PEDIDO DE APROVAÇÃO

 

A interessada através da presente pretende ver aprovado projeto de Lei específico para padronizar a quantidade de todos os alimentos servidos em porções, classificados em pequeno, médio e grande e conteúdo padrão por prato a ser servido, ficando claro que no caso da feijoada que usamos como exemplo, deve contar com todos os ingredientes necessários, caso contrário proibido estará o estabelecimento de classificá-la como feijoada.

 

"Movimento Passando o Brasil à Limpo"

Comissão de Legislação Participativa do Elo Social do Brasil
Telefone: +55 (11) 3991-9919 ​Endereço: Rua Cecília Bonilha 145
© 2018. Todos os Direitos Reservados​.
"Movimento Passando o Brasil a Limpo".